MENU

História Resumo

Revolução Chinesa

Primeira Revolução Chinesa ou Revolução Xinhai ocorreu em 1911 com a queda da Dinastia Qing e o estabelecimento da República da China. A Revolução Chinesa foi motivada pela raiva da corrupção no governo Qing, pela frustração com a incapacidade do governo para restringir as intervenções das potências estrangeiras, e pelo ressentimento da maioria étnica chinesa Han ser dominada por uma minoria étnica Manchu.

A revolução não resulta imediatamente em uma forma republicana de governo, e sim no estabelecimento de um governo central provisório fraco sobre um país que se manteve politicamente fragmentado. A monarquia foi brevemente restaurada e abolida duas vezes, e houve um período de regime militar. Embora a revolução, celebrada em 12 de fevereiro de 1912, quando a República da China formalmente substituiu a dinastia Qing, o conflito interno persistiu com geras civis até a criação oficial da República Popular da China em 1 de Outubro de 1949. A Revolução Chinesa foi a primeira tentativa para estabelecer uma república na China, que conseguiu com sucesso derrubar o governo anterior.

A República Popular da China também conhecida simplesmente como China, é o maior país da Ásia Oriental e o mais populoso do mundo, com mais de 1,3 bilhão de habitantes. É uma república socialista, governada pelo Partido Comunista da China sob um sistema unipartidário e que tem jurisdição sobre vinte e duas províncias, cinco regiões autônomas como por exemplo o Tibete e duas Regiões Administrativas Especiais com grande autonomia: Hong Kong e Macau. A capital da China é Pequim.

A República Popular da China, ao lado do Vietnã, do Laos e de Cuba, é um dos quatro Estados restantes que se declaram socialistas no mundo. A economia da República Popular da China é a segunda maior do mundo. E com mais de 2,3 milhões de soldados ativos, o Exército de Libertação Popular (ELP), é a maior força militar do mundo, em termos de número de tropas, e possui o segundo maior orçamento de defesa do mundo, atrás apenas dos EUA.

Outra peculiaridade da China é o famoso Urso Panda, um animal endêmico da China extremamente dócil e tímido, com um focinho curto lembrando um urso de pelúcia e com pelagem preta e branca torna um dos animais mais queridos pela humanidade.