Setor terciário da economia de Santa Catarina



O comércio é a atividade econômica mais popular e antiga da humanidade. É por meio dele que os produtos da agricultura, da pecuária, do extrativismo e os industrializados chegam até nós, os consumidores. A atividade comercial consiste na compra, venda ou troca de produtos por algum bem, normalmente, o dinheiro.

Quando realizado dentro do próprio país, é chamado de comércio interno; e quando realizado entre dois ou mais países, chama-se comércio externo.

Quanto ao tipo de venda, o comércio classifica-se em atacadista e varejista. No atacado, o comércio é praticado entre comerciantes e produtores, envolvendo grandes quantidades de um mesmo produto. No varejo, o mais conhecido, é praticado entre comerciantes e consumidor, caracterizando-se pelas vendas em pequenas quantidades.

Além do comércio, há as prestadoras de serviços, como bancos, escolas, hospitais, hotéis, transportes, comunicações. Todas elas pertencem ao setor terciário da economia.

De todos os setores, o estado de Santa Catarina emprega mais pessoas no setor terciário que nos outros, contando com mais ou menos 132 mil estabelecimentos comerciais oficiais. Nesse setor da economia, o grande destaque do estado é para a atividade turística.

O turismo em Santa Catarina mobiliza aproximadamente 8 milhões de pessoas por ano, quase o dobro de sua população.

A beleza cênica de seu litoral, com inúmeras praias e lugares históricos e pitorescos, atrai visitantes de todas as partes do país e exterior.

Os municípios que mais atraem turistas são Florianópolis, Balneário Camboriú, Blumenau e Joinville.


Florianópolis (SC).


 Florianópolis (SC).

Florianópolis (SC).




Balneário Camboriú (SC).


 Balneário Camboriú (SC).

Balneário Camboriú (SC).




Blumenau (SC).


Blumenau (SC).

Blumenau (SC).









Conteúdo correspondente: