Vegetação nativa do estado de São Paulo entre 1500 a 2015



Você sabia que o estado de São Paulo já foi coberto de florestas? A cobertura vegetal nativa do estado compreendia a formação de florestas e cerrado. Em 1886, as florestas cobriam mais de 81% do estado, mas 100 anos depois não sobrou muito.

Hoje, pouco resta da vegetação nativa, pois a ação dos seres humanos e os ciclos econômicos, como a lavoura cafeeira, de cana-de-açúcar e a pecuária, modificou muito a paisagem dando lugar a uma paisagem cultural ou humanizada.

Ao longo dos anos a vegetação do estado foi sendo alterada, em consequência da ação humana, com o desmatamento para plantações, construção de cidades, estradas, utilização da madeira e para o cultivo de alimentos e pastagens.

Em 2000, as matas ocupavam menos de 10% do território paulista, como mostra o quadro abaixo. O bioma predominante em São Paulo é o da Mata Atlântica, com áreas de Cerrado e vegetação litorânea.


Vegetação nativa do estado de São Paulo em 1500


Vegetação nativa do estado de São Paulo em 1500

Vegetação nativa do estado de São Paulo em 1500




Vegetação nativa do estado de São Paulo em 1907


 Vegetação nativa do estado de São Paulo em 1907

Vegetação nativa do estado de São Paulo em 1907




Vegetação nativa do estado de São Paulo em 1920


 Vegetação nativa do estado de São Paulo em 1920

Vegetação nativa do estado de São Paulo em 1920




Vegetação nativa do estado de São Paulo em 1973


  Vegetação nativa do estado de São Paulo em 1973

Vegetação nativa do estado de São Paulo em 1973




Vegetação nativa do estado de São Paulo em 2000


 Vegetação nativa do estado de São Paulo em 2015

Vegetação nativa do estado de São Paulo em 2000









Conteúdo correspondente: