O Diário de Anne Frank


Segunda-feira, 28 de fevereiro de 1944


Querida Kitty


Já está se tornando um pesadelo; vejo-o dia e noite. Vejo-o o tempo todo, sem poder alcançá-lo. Não quero que ninguém perceba coisa alguma, por isso procuro manter-me alegre quando, na realidade, estou desesperada.

Peter Wessel e Peter van Daan fundiram-se em um só Peter, amado e bom, por quem anseio desesperadamente.

Mamãe chateia-me, papai é bom demais e por isso também me chateia, Margot irrita-me mais que todos, porque espera que eu exiba sempre uma cara alegre; a única coisa que desejo é que me deixem em paz.

Peter não me veio encontrar na água-furtada. Subiu ao sótão para trabalhar em carpintaria. Cada martelada, cada rangido diminuíam minha coragem e aumentavam minha infelicidade. Ao longe, um sino tocava Pura de corpo, pura de alma. Sou uma sentimental, sei disso. Sou também uma idiota e estou desesperada. Por favor, ajude-me!


Sua Anne.




O Diário de Anne Frank - Links

Conteúdo correspondente: