Machado de Assis - Ressurreição



Machado de Assis - Dom Casmurro

Ressurreição é o primeiro romance de Machado de Assis, publicado em 1872. Embora considerada uma obra da primeira fase, romântica, do autor, seu romantismo é contido, moderado, sem os excessos sentimentais, reviravoltas na trama e final feliz do folhetim tipicamente romântico. Trata-se mais de um romance psicológico, "o que, se não é inédito, é raro em romances românticos", onde, mais importante que a intriga é "estudar o caráter e o comportamento" dos personagens. O próprio Machado, na "Advertência da Primeira Edição", deixa claro: "Não quis fazer romance de costumes; tentei o esboço de uma situação e o contraste de dois caracteres; com esses simples elementos busquei o interesse do livro." Sua ideia foi pôr em ação o pensamento de Shakespeare: "Our doubts are traitors, / And make us lose the good we oft might win, / By fearing to attempt" (Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que frequentemente poderíamos ganhar, ao termos medo de tentar.)


" As dúvidas o acompanharão onde quer que nos achemos, porque elas moram eternamente no seu coração "


" os meus amores são todos semestrais; duram mais que as rosas, duram duas estações "



Machado de Assis - Dom Casmurro




Ressurreição - Índice




Machado de Assis - Ressurreição - Links para os Capítulos

Conteúdo correspondente: