Os índios Guarani de Santa Catarina



Esses índios possuíam um estilo de vida bastante simples. Muitas famílias guaranis moravam na mesma aldeia e, à noite, repousavam sobre esteiras macias forradas com folhas e penas de animais. Para se protegerem do frio, os indígenas mantinham alguma fogueira sempre acesa (tatá-rendaba), para a qual voltavam os pés quando dormiam. Entre os utensílios domésticos que usavam, pode-se citar: o cesto simples (jacá), o cesto pequeno com tampo (uru), o cesto com asa (samburá), a peneira (uru-pema), as panelas (nhaem-popô), o pote pequeno (camuti ou camucim), o recipiente central de água (y-guaçaba), as cuias que serviam de canecos, o fuso (y-yma) e o pilão (induá).

Entre os diferentes grupos de guaranis, havia os mais numerosos: os caiuás; os nhandevas; os chiriguanos e os mbiás. Entre os Guarani, os Mbiá, que se localizavam em Santa Catarina e no litoral paranaense, também eram chamados de carijós. O nome tem sua origem no termo cariyoc, que significa “descendente dos brancos”.

Esses índios eram conhecidos por serem bastante receptivos com os estrangeiros que atracavam em suas terras. Talvez seja por isso que foram completamente dizimados, sendo a cultura carijó completamente modificada.

Um aspecto bastante interessante da cultura guarani é o respeito que os adultos mantêm com relação às suas crianças, a ponto de tratá-las quase como adultos. Os pequeninos não possuem muitos brinquedos, mas têm uma grande autonomia para correrem pelas matas, brincarem de caçadas ou mesmo ajudar os adultos nas tarefas diárias e nas tomadas de decisão.

Os Guarani podem ser encontrados atualmente em aldeias localizadas no município de Palhoça, em reservas indígenas ou em acampamentos provisórios próximos a núcleos urbanos e situados às margens de rodovias que atravessam municípios como Barra Velha, Joinville, Garuva, Araranguá e Treze Tílias.


Índio tupi-guarani na atualidade.


 Índio tupi-guarani na atualidade.

Índio tupi-guarani na atualidade.




Índios tentam preservar tradições na aldeia Guarani Tiaraju no Norte de SC


 Índios tentam preservar tradições na aldeia Guarani Tiaraju no Norte de SC

Índios tentam preservar tradições na aldeia Guarani Tiaraju no Norte de SC




Menino índio brinca com artesanato que família guarani vende no centro de Joinville


 Menino índio brinca com artesanato que família guarani vende no centro de Joinville

Menino índio brinca com artesanato que família guarani vende no centro de Joinville







 Os índios Guarani de Santa Catarina

Conteúdo correspondente: