Turismo em Santa Catarina



O espaço geográfico catarinense apresenta uma diversidade exuberante de vegetação, espécies animais, relevo, paisagens litorâneas e rios. Esse conjunto de elementos naturais formam paisagens cênicas que atraem muitos turistas para o estado, tanto para o litoral quanto para o interior, em busca do ecoturismo.

Ecoturismo é uma modalidade de turismo na qual as pessoas procuram por lugares em que possam apreciar ambientes naturais e selvagens, desfrutando dessas paisagens com respeito às normas para não agredir a natureza. Incluem práticas como rafting, canoagem, cavernas, cachoeiras, escaladas em montanhas e trilhas ecológicas.

Conheça alguns atrativos do estado voltados para o ecoturismo.


Prática do rafting no rio Itajaí-Açu.


 Prática do rafting no rio Itajaí-Açu.

Prática do rafting no rio Itajaí-Açu.




Cânion do Itaimbezinho.


 Cânion do Itaimbezinho.

Cânion do Itaimbezinho.




Cavernas em Botuverá.


  Cavernas em Botuverá.

Cavernas em Botuverá.



Outros locais atraem visitantes devido às compras, à arquitetura e às festas tradicionais, como as cidades que se encontram na região conhecida como Vale Europeu.


Pomerode: é a cidade mais alemã do Brasil. Produz porcelanas e realiza festas típicas.


Pomerode: é a cidade mais alemã do Brasil. Produz porcelanas e realiza festas típicas.

Pomerode: é a cidade mais alemã do Brasil. Produz porcelanas e realiza festas típicas.




Blumenau: tradição e arquitetura germânica atraem visitantes para as compras e festas tradicionais como a Oktoberfest.


  Blumenau: tradição e arquitetura germânica atraem visitantes para as compras e festas tradicionais como a Oktoberfest.

Blumenau: tradição e arquitetura germânica atraem visitantes para as compras e festas tradicionais como a Oktoberfest.




Brusque, polo de malhas, recebe muitos turistas.


 Brusque, polo de malhas, recebe muitos turistas.

Brusque, polo de malhas, recebe muitos turistas.



Na região serrana do estado é explorado o turismo rural. Nessa área, a tradição campeira, com verdes campos e paisagens com vaqueiros é procurada por muitos turistas principalmente na estação do inverno, em que ocorrem nevascas.


Município de Urubici.


 Município de Urubici.

Município de Urubici.




Município de São Joaquim.


 Município de São Joaquim.

Município de São Joaquim.




Município de Lajes.


  Município de Lajes.

Município de Lajes.



Na região mais ao sul do estado, além da exuberância de suas praias, é praticado o turismo de aldeia, que consiste em roteiros que passam por localidades históricas e com opções de compra de produtos coloniais.


Laguna: centro histórico – Casa de Anita Garibaldi.


 Laguna: centro histórico – Casa de Anita Garibaldi.

Laguna: centro histórico – Casa de Anita Garibaldi.



Na região oeste do estado, a diversidade cultural também atrai turistas que procuram a região pelas festas e gastronomia, além de estações termais.


Treze Tílias: cidade de tradição austríaca.


 Treze Tílias: cidade de tradição austríaca.

Treze Tílias: cidade de tradição austríaca.



Na faixa litorânea, em sua maioria, o turismo é voltado para o lazer. As belíssimas praias, com destaque para os balneários e a capital, Florianópolis, também muito visitada, onde são praticados esportes náuticos, turismo cultural e histórico e muitos outros eventos.


Praia de Santo Antônio de Lisboa. Florianópolis (SC).


Praia de Santo Antônio de Lisboa. Florianópolis (SC).

Praia de Santo Antônio de Lisboa. Florianópolis (SC).




Vista panorâmica de Florianópolis, vista a partir do Morro da Cruz. Florianópolis (SC).


 Vista panorâmica de Florianópolis, vista a partir do Morro da Cruz. Florianópolis (SC).

Vista panorâmica de Florianópolis, vista a partir do Morro da Cruz. Florianópolis (SC).









Conteúdo correspondente: