MENU

Letra da Música

Almas - BK (Nectar) feat Juyè


Almas - BK (Nectar) feat Juyè

[Verso 1: BK']
Cês tão pulando com os dois pés na tampa do boeiro
Pra ver se isso afunda
Tirando o pino da granada
Pra ver se ela explode mermo
Vendo se existe o tal ódio dentro de nós
E se esse ódio de fato mata
Quando eu não quis mais guerra
Eu vi que eu venci a guerra
Eu já não trago mais o mal pra mim
Já não traio a mim, amém "E"
Testaram a nós, testaram em nós "Irmão"
O hino é vaia, isso é a revolta das cobaias
A gente corre, mata, voa, nada
E não é pra morrer na praia "Fala"
A revolta das cobaias



Nosso avanço faz tu se matar por dentro
E quando mais tu quiser meu mal, muito mais eu vou vencendo
Juro pras mães que não vai ser em vão a dor do parto
Amor eu parto, eu volto farto, orações grato
Trago emoções, não tranco no quarto
Até fugir de algo é um ato de coragem
Quer me ver sem máscara, tire sua maquiagem
Por que a gente conversa, a gente se olha e não se enxergava
Agente se odiava
Te atacando com sorriso, o único sacrifício
Inimigos me cercaram, nunca dormi tão tranquilo
Cantamos como pássaros ou armas dando tiro
Onde viram o terror eu vi algo lindo
Sempre fui diferente eu nasci sorrindo



[Refrão: BK' & Juyè]
Eu pensava um jeito de me aproximar
Te olhar nos olhos saber de você
E agora que estamos no mesmo lugar
Tu não sai mais daqui, duvido

Eu pensava um jeito de me aproximar
Te olhar nos olhos saber de você
E agora que estamos no mesmo lugar
Tu não sai mais daqui, duvido

[Verso 2: BK']
Minhas rimas no exame de balística
Superando os Deuses chamado estatísticas
Eu já acordo no sonho, não venha me bilisca
Pra decifrar
Mundo tudo que gostamos muito
Por que temos que parar ?
Queremos o paraíso o divino
Mas por que tantas regras e rédeas?
A liberdade me excita tô entregue a ela
Então eu imploro me de seu melhor
Que nada nem ninguém nos afaste é o que peço
Me prometa ser minha
Mas se alguém nos separar
Mas se me testar
Mas que pasta de dente na roupa eu vou incomodar
Tipo enxaqueca, eu me torno impossível de suportar



[Refrão: BK' & Juyè]
Eu pensava um jeito de me aproximar
Te olhar nos olhos saber de você
E agora que estamos no mesmo lugar
Tu não sai mais daqui, duvido

Eu pensava um jeito de me aproximar
Te olhar nos olhos saber de você
E agora que estamos no mesmo lugar
Tu não sai mais daqui, duvido

[Verso 3: BK']
Ela me puxou pela mão, falou pra eu não temer
Pra eu ampliar minha visão, e o que e eu quiser posso ser, ter
Certeza
Somos jovens, o tempo tá a nosso favor
Mas quantos mais desse tempo vamos aguentar sem amor
Ela falou pra eu ser minha própria fortaleza
Por mais que as telhas protejam da chuva
Ainda vai sentir as goteiras
Eu falei que a gente tava acelerado muito rápido
Ela mandou eu fechar os olhos e sentir o impacto
Da vida




[Verso 1: BK']
Cês tão pulando com os dois pés na tampa do boeiro
Pra ver se isso afunda
Tirando o pino da granada
Pra ver se ela explode mermo
Vendo se existe o tal ódio dentro de nós
E se esse ódio de fato mata
Quando eu não quis mais guerra
Eu vi que eu venci a guerra
Eu já não trago mais o mal pra mim
Já não traio a mim, amém "E"
Testaram a nós, testaram em nós "Irmão"
O hino é vaia, isso é a revolta das cobaias
A gente corre, mata, voa, nada
E não é pra morrer na praia "Fala"
A revolta das cobaias

Nosso avanço faz tu se matar por dentro
E quando mais tu quiser meu mal, muito mais eu vou vencendo
Juro pras mães que não vai ser em vão a dor do parto
Amor eu parto, eu volto farto, orações grato
Trago emoções, não tranco no quarto
Até fugir de algo é um ato de coragem
Quer me ver sem máscara, tire sua maquiagem
Por que a gente conversa, a gente se olha e não se enxergava
Agente se odiava
Te atacando com sorriso, o único sacrifício
Inimigos me cercaram, nunca dormi tão tranquilo
Cantamos como pássaros ou armas dando tiro
Onde viram o terror eu vi algo lindo
Sempre fui diferente eu nasci sorrindo



[Refrão: BK' & Juyè]
Eu pensava um jeito de me aproximar
Te olhar nos olhos saber de você
E agora que estamos no mesmo lugar
Tu não sai mais daqui, duvido

Eu pensava um jeito de me aproximar
Te olhar nos olhos saber de você
E agora que estamos no mesmo lugar
Tu não sai mais daqui, duvido

[Verso 2: BK']
Minhas rimas no exame de balística
Superando os Deuses chamado estatísticas
Eu já acordo no sonho, não venha me bilisca
Pra decifrar
Mundo tudo que gostamos muito
Por que temos que parar ?
Queremos o paraíso o divino
Mas por que tantas regras e rédeas?
A liberdade me excita tô entregue a ela
Então eu imploro me de seu melhor
Que nada nem ninguém nos afaste é o que peço
Me prometa ser minha
Mas se alguém nos separar
Mas se me testar
Mas que pasta de dente na roupa eu vou incomodar
Tipo enxaqueca, eu me torno impossível de suportar



[Refrão: BK' & Juyè]
Eu pensava um jeito de me aproximar
Te olhar nos olhos saber de você
E agora que estamos no mesmo lugar
Tu não sai mais daqui, duvido

Eu pensava um jeito de me aproximar
Te olhar nos olhos saber de você
E agora que estamos no mesmo lugar
Tu não sai mais daqui, duvido

[Verso 3: BK']
Ela me puxou pela mão, falou pra eu não temer
Pra eu ampliar minha visão, e o que e eu quiser posso ser, ter
Certeza
Somos jovens, o tempo tá a nosso favor
Mas quantos mais desse tempo vamos aguentar sem amor
Ela falou pra eu ser minha própria fortaleza
Por mais que as telhas protejam da chuva
Ainda vai sentir as goteiras
Eu falei que a gente tava acelerado muito rápido
Ela mandou eu fechar os olhos e sentir o impacto
Da vida


Mais de sanderlei.com.br

Música - Song
Em alta - Trends - Hot Videos
Tudo que rola no mundo musical, incluindo Billboard hot 100, música brasileira e muito mais.

PDF Domínio Público
Livros em PDF para Download
Lista completa de Livros em PDF para Download em Domínio Público

Just Go - Viagem Volta ao Mundo
#JustGo - Sanderlei Silveira