MENU

Letra da Música

Ela Me Chamou Para Dançar Um Ragga - BRAZA

Ela Me Chamou Para Dançar Um Ragga - BRAZA

Ela me chamou para dançar um ragga
Que bom que ela mexeu com a pessoa errada
Ela me chamou para dançar um ragga
Que bom, meu Deus, que bom que ela mexeu

Sumiu todo mundo, só nós no salão
Colado sentia a sua respiração
Suou a parede, fez tremer o chão
Sintonia fina que dispensa explicação
Cheia de ironia, me deixou sem graça
Gengibre e Gabriela em frente ao Bar da Cachaça
Recitou Pessoa, falou de Bakunin
Ela é o presente que o acaso deu pra mim

E aumentou o meu tesão na vida
Poder de agir, o meu elã vital
Não tenho medo dessa despedida
Por mim não tem final, porque

Ela me chamou para dançar um ragga
Que bom que ela mexeu com a pessoa errada
Ela me chamou para dançar um ragga
Que bom, meu Deus, que bom que ela mexeu

Puro equilíbrio, só fuma quando bebe
Definitivamente esse gata não é lebre
Ela é pra frente, e me põe pra cima
Repõe minhas reservas de pura serotonina
Ela é legalize, evolucionista
Acho que acabaram os meus dias de pista
Ouve dubwise, Milton, Tom Jobim
Ela é o presente que o acaso deu pra mim

E aumentou o meu tesão na vida
Poder de agir, o meu elã vital
Não tenho medo dessa despedida
Por mim não tem final

Ela me chamou para dançar um ragga
Que bom que ela mexeu com a pessoa errada
Ela me chamou para dançar um ragga
Que bom, meu Deus, que bom que ela mexeu


Mais de sanderlei.com.br

Letras de Músicas - Song Lyrics
Em alta - Trends - Hot Videos
Tudo que rola no mundo musical, incluindo Billboard hot 100, música brasileira e muito mais.

PDF Domínio Público
Livros em PDF para Download
Lista completa de Livros em PDF para Download em Domínio Público

Poemas - Poesia
Amor é fogo que arde sem se ver
Amor é fogo que arde sem se ver, poesia de Luís Vaz de Camões

Just Go - Viagem Volta ao Mundo
#JustGo - Sanderlei Silveira

História Resumo
História em 1 Minuto
Cronologia do Universo | Cronologia da Terra | Pré-História | Idade Antiga | Idade das Religiões