MENU

Letra da Música

Só Vim Dizer Yau - Piruka


Só Vim Dizer Yau - Piruka

[Intro]
Só vim dizer yau, yau, yau...
Só vim dizer yau, yau, yau...

[Verso 1]
É verdade eu dei-lhes o que eles queriam
Mas não sou homem de tirar o pé da raia
Eles pensavam que era a beefar que subiam
Mas o cabrão do pirukinha mata-vos na vossa praia
Começaram isto tudo à pala de um rabo de saia
Sinceramente só vejo azia
Mothafucka eu não sou da tua laia
Começaram uma novela por pegar quem vocês queriam
Andam a comprar cabelo para ser Rastafarai
Tão falso que se eu lhe toco aquela rasta cai
Guidinha coitadinha como andava na má vida
Tu nasceste com a tromba do tropa do teu pai
Mothafucka metem no barulho quem está de fora
Seu boneco, tu sim és um chupa pilas
Piruka não respondas, não respondas o caralho
Afinal o beef é para o Pirukinha ou é 'pó Dillaz
Fizeram dois sons a dizer a mesma merda, sócio
A minha gente lamenta



Só tenho um metro e setenta
Mas tou em primeiro no pódio
Queres uma rasta como prenda
O homem não se aguenta
Sinceramente não percebo
Sente o cheiro da tua pele na ponta dos meus dedos
Armado em Lil Pump
Eu digo: "Jump jump"
Tou a rimar p'o dread que é mais falso que o próprio cabelo
Vem-me chamar anão e olha-me aquela barriga
Tropa, topa o badocha é personagem
Firma, hoje a festa é lá no kikas
A casa da mãe do Nine é a paragem
Tu escuta um conselho
Levaste dois meses para ver se me apagavas
Pensas que levaste a taça com a merda d'um som
Que só o video é que te safa



[Refrão]
Mas
Só vim dizer yau, yau, yau...
Só vim dizer yau, yau, yau...
Eu só vim dizer yau (mothafucka)
Yau, só vim dizer yau, yau, yau...

[Verso 2]
Isto foi desnivelado
Foram dois desse lado para um sozinho
O meu pai era traficante
Nunca precisei da broca do meu vizinho
Devias lavar a boca
Sim, lavar a boca só por ter dito Piruka
Pó filhinho da Guida que é um elogio ser chamado de filho da.. (foda-se)
Tu tem vergonha na cara
E essa cara é uma vergonha
E vens defender a irmã Dolly?
Depois disso tudo uma pergunta:
Onde é que tá o Miller?
Onde é que tá o Holly? (boy)
Primeiro "os Superbads são muita patrões"
Depois era "metade a mais ou metade a menos"
Agora levantam-se duas questões
Os grandões estão de olho em tudo o que mete o pequeno
Pensa que está a subir por causa do beef
Toma cuidado que tropeças
São "5 para a Meia-Noite" e como tu és bandido
Faz lá o tal feat com a Lili Caneças
Ontem eras Eminem, hoje és o Lil Pump
Amanhã tu vais ser quem? Eu não sei
Para baitares o "AClara"
Foste com o "Brancas Brancas Brancas Brancas
Foda-se enganei-me"



[Refrão]
Mas eu só vim dizer yau, yau, yau...
Só vim dizer yau, yau, yau...
Eu só vim dizer yau mothafucka (yau, yau)
Só vim dizer yau, yau, yau...

[Verso 3]
Eu não sou punchliner, eu sou rapper a sério
Quando te vi no Coliseu senti vergonha alheia
O teu verso foi só "brancas brancas brancas"
Vou virar o teu professor, nah, é brincadeira
De segunda à segunda feira na batida
A tua cota ser rafeira
Para ti já não é uma ferida
Andavam-me a dizer para eu não responder a um boneco
Que só fez quatro sons em toda vida



[Bridge]
E eu disse não dá
Frontei-te para vires na minha cara
E tu disseste não dá
Eu disse vem cá
Frontei-te para vires na minha cara
E tu disseste não dá
Eu disse vem cá
Frontei-te para vires na minha cara
E tu disseste não dá
Eu disse vem cá
Mas, eu só vim dizer yau

[Refrão]
Eu só vim dizer yau, yau, yau...
Só vim dizer yau, yau, yau...
Eu só vim dizer yau mothafucka (yau, yau)
Eu só vim dizer yau, yau, yau...



[Intro]
Só vim dizer yau, yau, yau...
Só vim dizer yau, yau, yau...



[Verso 1]
É verdade eu dei-lhes o que eles queriam
Mas não sou homem de tirar o pé da raia
Eles pensavam que era a beefar que subiam
Mas o cabrão do pirukinha mata-vos na vossa praia
Começaram isto tudo à pala de um rabo de saia
Sinceramente só vejo azia
Mothafucka eu não sou da tua laia
Começaram uma novela por pegar quem vocês queriam
Andam a comprar cabelo para ser Rastafarai
Tão falso que se eu lhe toco aquela rasta cai
Guidinha coitadinha como andava na má vida
Tu nasceste com a tromba do tropa do teu pai
Mothafucka metem no barulho quem está de fora
Seu boneco, tu sim és um chupa pilas
Piruka não respondas, não respondas o caralho
Afinal o beef é para o Pirukinha ou é 'pó Dillaz
Fizeram dois sons a dizer a mesma merda, sócio
A minha gente lamenta
Só tenho um metro e setenta
Mas tou em primeiro no pódio
Queres uma rasta como prenda
O homem não se aguenta
Sinceramente não percebo
Sente o cheiro da tua pele na ponta dos meus dedos
Armado em Lil Pump
Eu digo: "Jump jump"
Tou a rimar p'o dread que é mais falso que o próprio cabelo
Vem-me chamar anão e olha-me aquela barriga
Tropa, topa o badocha é personagem
Firma, hoje a festa é lá no kikas
A casa da mãe do Nine é a paragem
Tu escuta um conselho
Levaste dois meses para ver se me apagavas
Pensas que levaste a taça com a merda d'um som
Que só o video é que te safa



[Refrão]
Mas
Só vim dizer yau, yau, yau...
Só vim dizer yau, yau, yau...
Eu só vim dizer yau (mothafucka)
Yau, só vim dizer yau, yau, yau...

[Verso 2]
Isto foi desnivelado
Foram dois desse lado para um sozinho
O meu pai era traficante
Nunca precisei da broca do meu vizinho
Devias lavar a boca
Sim, lavar a boca só por ter dito Piruka
Pó filhinho da Guida que é um elogio ser chamado de filho da.. (foda-se)
Tu tem vergonha na cara
E essa cara é uma vergonha
E vens defender a irmã Dolly?
Depois disso tudo uma pergunta:
Onde é que tá o Miller?
Onde é que tá o Holly? (boy)
Primeiro "os Superbads são muita patrões"
Depois era "metade a mais ou metade a menos"
Agora levantam-se duas questões
Os grandões estão de olho em tudo o que mete o pequeno
Pensa que está a subir por causa do beef
Toma cuidado que tropeças
São "5 para a Meia-Noite" e como tu és bandido
Faz lá o tal feat com a Lili Caneças
Ontem eras Eminem, hoje és o Lil Pump
Amanhã tu vais ser quem? Eu não sei
Para baitares o "AClara"
Foste com o "Brancas Brancas Brancas Brancas
Foda-se enganei-me"



[Refrão]
Mas eu só vim dizer yau, yau, yau...
Só vim dizer yau, yau, yau...
Eu só vim dizer yau mothafucka (yau, yau)
Só vim dizer yau, yau, yau...

[Verso 3]
Eu não sou punchliner, eu sou rapper a sério
Quando te vi no Coliseu senti vergonha alheia
O teu verso foi só "brancas brancas brancas"
Vou virar o teu professor, nah, é brincadeira
De segunda à segunda feira na batida
A tua cota ser rafeira
Para ti já não é uma ferida
Andavam-me a dizer para eu não responder a um boneco
Que só fez quatro sons em toda vida

[Bridge]
E eu disse não dá
Frontei-te para vires na minha cara
E tu disseste não dá
Eu disse vem cá
Frontei-te para vires na minha cara
E tu disseste não dá
Eu disse vem cá
Frontei-te para vires na minha cara
E tu disseste não dá
Eu disse vem cá
Mas, eu só vim dizer yau

[Refrão]
Eu só vim dizer yau, yau, yau...
Só vim dizer yau, yau, yau...
Eu só vim dizer yau mothafucka (yau, yau)
Eu só vim dizer yau, yau, yau...


Mais de sanderlei.com.br

Música - Song
Em alta - Trends - Hot Videos
Tudo que rola no mundo musical, incluindo Billboard hot 100, música brasileira e muito mais.

PDF Domínio Público
Livros em PDF para Download
Lista completa de Livros em PDF para Download em Domínio Público

Just Go - Viagem Volta ao Mundo
#JustGo - Sanderlei Silveira