MENU

Poema

William Ernest Henley - Waiting In Hospital

A square, squat room (a cellar on promotion),
Drab to the soul, drab to the very daylight;
Plasters astray in unnatural-looking tinware;
Scissors and lint and apothecary's jars.


William Ernest Henley - Waiting In Hospital - Poema

A square, squat room (a cellar on promotion),
Drab to the soul, drab to the very daylight;
Plasters astray in unnatural-looking tinware;
Scissors and lint and apothecary's jars.

Here, on a bench a skeleton would writhe from,
Angry and sore, I wait to be admitted:
Wait till my heart is lead upon my stomach,
While at their ease two dressers do their chores.

One has a probe-it feels to me a crowbar.
A small boy sniffs and shudders after bluestone.
A poor old tramp explains his poor old ulcers.
Life is (I think) a blunder and a shame.


William Ernest Henley - Waiting In Hospital - Poema - Tradução em Português

Um quadrado, sala de agachamento (uma adega em promoção),
Drab para a alma, monótono à luz do dia;
Os gessos se extraviam em um estanho de aparência não natural;
Tesoura e fiapos e frascos de boticário.





Aqui, em um banco um esqueleto se contorcia,
Irritada e dolorida, espero ser admitida:
Espere até que meu coração esteja no meu estômago,
Enquanto à vontade, dois armários fazem suas tarefas.

Um tem uma sonda - parece-me um pé de cabra.
Um menino pequeno fareja e estremece após bluestone.
Um pobre velho vagabundo explica suas pobres e velhas úlceras.
A vida é (eu acho) um erro e uma vergonha.



More by SANDERLEY

TRENDS - SONG LYRICS
Radar by Sanderlei
Everything in the musical world / Tudo que rola no mundo musical / ทุกอย่างในโลกดนตรี / Все в музыкальном мире / 音楽界のすべて.

Just Go - Viagem Volta ao Mundo
#JustGo - Sanderlei Silveira