João da Cruz e Sousa - Broquéis - 05 - Em Sonhos...





João da Cruz e Sousa - Broquéis - 05 - Em Sonhos...


Nos Santos óleos do luar, floria

Teu corpo ideal, com o resplendor da Helade...

E em toda a etérea, branda claridade

Como que erravam fluidos de harmonia...


As Águias imortais da Fantasia

Deram-te as asas e a serenidade

Para galgar, subir a Imensidade

Onde o clarão de tantos sóis radia.


Do espaço pelos límpidos velinos

Os Astros vieram claros, cristalinos,

Com chamas, vibrações, do alto, cantando...


Nos santos óleos do luar envolto

Teu corpo era o Astro nas esferas solto,

Mais Sóis e mais Estrelas fecundando!



João da CRUZ E SOUSA (1861 - 1898) foi um poeta brasileiro, considerado um dos precursores do movimento simbolista no Brasil. Seus poemas são marcados pela musicalidade e pelo sensualismo, mesclado com uma espiritualidade e religiosidade de maneira às vezes espantosa. Broquéis foi seu livro de estréia, e contém algumas de suas obras mais famosas, como o poema Antífona, peça de abertura do livro.




 João da Cruz e Sousa - Broquéis - 05 - Em Sonhos...

Conteúdo correspondente: